professora Gisele Leite
Diálogos jurídicos & poéticos
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário Textos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
"O conhecimento é o mais potente dos afetos: somente ele é capaz de induzir o ser humano a modificar sua realidade." Friedrich Nietzsche (1844?1900).


Olhando para aquelas paredes, detidamente. Vendo cada detalhe. As cenas que elas já presenciaram vinham novamente a memória. Na cozinha o mármore rosa com nesgas verdes, me faziam até sentir o cheiro dos almoços... A fritura da carne, o amassar dos alhos, o corte miúdo das cebolas... A dedicação intensa e exaustiva para uma alimentação saudável e apetitosa. As paredes eram um cenário que eu desejava esquecer. Podia até ouvir vozes, impropérios grasnados na hora do ódio e da mágoa. A casa era minha mas eu não conseguia morar lá... na presença daquelas paredes ainda ostentando a mesma cor original, um tom rosáceo poético e anêmico. As paredes me olhavam como se fossem a Monalisa de Da Vinci, de forma enigmática e silenciosa... Decifrar a dor incrustada naquelas paredes era demais para mim. Tanto que abdicara de morar naquela casa... As paredes denunciavam tanta dor e, eu fugia com olhos marejados. E chorar pelo passado, parecia-me um desperdício. 
GiseleLeite
Enviado por GiseleLeite em 03/09/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários