"O conhecimento é o mais potente dos afetos: somente ele é capaz de induzir o ser humano a modificar sua realidade." Friedrich Nietzsche (1844?1900).
Textos


Púbis et urbis 

A puberdade assim como a vida é uma fase de intensas mudanças biológicas e fisiológicas. Situa-se depois da infância e, antes da fase adulta. O corpo humano se desenvolve tanto física e mentalmente, se tornando maduro e mais capaz para reprodução. A puberdade não dever confundida com adolescência.
O marco principal da puberdade feminina é o início da menstruação ou menarca que é o início da menstruação que ocorre geralmente entre doze e treze anos. Comparando ao longo do tempo, no atual século as crianças atingem a puberdade em menor idade, o que deve ser devido aos inúmeros produtos químicos em alimentos ou melhor nutrição. A puberdade influencia em muito o emocional e o psíquico dos adolescentes e, também em seu comportamento. As alterações hormonais despertam a sensibilidade sexual e, consequentemente, é nesse período que se inicia a vida sexual. Evidentemente, também é influenciada por dados geográficos, históricos, sociais e culturais. A moça da cidade é diferente da moça do interior, até porque na cidade  a mulher vem conseguindo crescente autonomia, obtendo maior grau de instrução, além de bons empregos, e atualmente no Brasil, mas de setenta por cento das famílias possuem como chefe, a mulher. Simone de Beauvoir foi a pensadora que melhor identificou a juventude e luta da mulher na sociedade que sempre foi machista, sexista e, por vezes, até misógina.
E, sintetizando com perfeição, Beauvoir enunciou: "Ninguém nasce mulher, torna-se mulher". É uma construção diária, é uma conquista sempre renovada dentro da evolução histórica da humanidade.
Gisele Leite
Enviado por Gisele Leite em 17/11/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários


Imagem de cabeçalho: Shandi-lee/flickr