"O conhecimento é o mais potente dos afetos: somente ele é capaz de induzir o ser humano a modificar sua realidade." Friedrich Nietzsche (1844?1900).

professora Gisele Leite

Diálogos jurídicos & poéticos

Textos


O vigésimo-primeiro século da Era Cristã é o primeiro século do terceiro milênio. O início do século XXI é caracterizado por uma era de prosperidade na Europa e nos EUA depois, seguidos por uma fornte recessão
que teve começo em 2008, pela chamada Primavera Árabe e pelo célere crescimento econômico da China, que se tornou a segunda maior economia do mundo, tendo ainda ocorrido a ascensão da esquerda na América Latina e no Brasil.

Estima-se que haverá maior concentração da economia global nos países conhecidos como BRICS, que são o Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. Houve uma drástica redução da população que se declara religiosa e grandes movimentos em favor das minorias e, nos EUA Barack Obama foi o primeiro presidente negro dos EUA.

O aprofundamento da globalização da economia e da informação trouxe a chamada Revolução DIgital, apesar de que teve incío ainda no fim do século XX. Em nosso país, a primeira mulher a chegar a Presidência da República em 2011 sofrera o impeachment e, passamos ao governo do inexpressivo Michel Temer. 

As principais invenções do século XXI situam-se na área de eletrônica e telecomunicações, sendo provavelmente o tablet  e o smartphone os principais ícones do século XXI, promovendo impactos sensíveis à educação, à organização social e, também na sáude humana.

O século XXI é a era do terror e, para alguns historiadores teve efetivo início em 1914 em razão da Primeira Grande Guerra Mundial, já para ourtos, o século XXI, começou realmente apenas em 11 de setembro de 2001 quando
ocorreu o atarque às torres gêmeas do World Trade Center em Nova York e, ao prédio do Pentágono (sede do Departamento de Defesa dos EUA).
GiseleLeite
Enviado por GiseleLeite em 27/09/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
iDcionário Aulete