"O conhecimento é o mais potente dos afetos: somente ele é capaz de induzir o ser humano a modificar sua realidade." Friedrich Nietzsche (1844?1900).
Textos



A globalização econômica teve início na década de oitenta e representou uma resposta a profunda recessão ocorrida entre 1973 a 1985. E, consignou-se em 2008, uma recessão ainda maior que ficou conhecida como o big crash financeiro. 
 Paralelammente, a expressa urgência de consumo  redundou numa ausência de projetos futuros que trouxe uma depressão que atualmente atinge principalmente os jovens. Apesar de tamanho progresso da tecnologia da informação e comunicação, a depressão veio substituir a histeria que antes era peculiar no século XIX.
E, os motivos são variados, pois antes o mundo oferecia referências mais estáveis e sólidas para as pessoas, a dimensão da solidão no mundo atual é profunda principalmente porque as relações humanas se tornaram descartáveis e voláteis. A ideia fundamental do contemporâneo é a utilidade e celeridade.
O individualismo acentuou-se e, então, perdeu-se a noção do bem comum. Segundoo a OMS, a Organização Mundial da Saúde, pelo menos trezentos e cinquenta milhões de pessoas sofrem de depressão e, no Brasil, segundo a USP, um terço da população brasileira sofre dos sintomas da depressão. Precisa-se de conscientização e respeito para prover adequado tratamento aos deprimidos.
Gisele Leite
Enviado por Gisele Leite em 26/09/2018

Música: 7-aneis - hamilton-de-holanda-

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários


Imagem de cabeçalho: Shandi-lee/flickr