"O conhecimento é o mais potente dos afetos: somente ele é capaz de induzir o ser humano a modificar sua realidade." Friedrich Nietzsche (1844?1900).
Textos


Não somo responsáveis
por nada.
Há uma história antes de nós.
Há uma história depois de nós.

A trama do destino se esvai em
meandros genéticos,
no vodu magnético de rituais
envolto em culturas.
Em armaduras
e principalmente em guerras.

Em batalhas diárias
movidas por palavras,
fonemas estampados em gritos.

Não somos responsáveis por
nada.

Há o acaso.
Há o caos neandertal.
De tão boliçoso
enreda tudo e a todos.
Constrói pontes.

Links, conexões.
Ilações cibernéticas.
Calculadas em algoritmos

Há uma planilha prevendo
todos os fatos.
Todos os valores.
As variações.
A inclinação angular do raio solar
O raio da elipse lunar.

A chuva ácida.
A hecatombe nuclear.
A bomba que destrói o inimigo.

Não somos responsáveis por nada.
O acaso do zigoto
A nidação.
A pedra, o molusco e viração

Um mar de incertezas.
Um oceano de paradoxos.
Um infinito de íons
carentes de eletricidade.

Apesar de tudo.
Há a culpa contundente
A bater martelo.
A baixar a guilhotina
A decretar penas de morte.

Mas, o crime não morre.
Sempre ressuscita
Encontra novos corpos...
Encarna e reencarna
Vestido, munido e arrojado.

Enquanto existir pobreza,
miséria e falta de dignidade.
Enquanto sobrar para alguns e 
faltar para muitos.
Gisele Leite
Enviado por Gisele Leite em 25/01/2018

Música: Distant Memories - Corrado Rossi

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários


Imagem de cabeçalho: Shandi-lee/flickr