"O conhecimento é o mais potente dos afetos: somente ele é capaz de induzir o ser humano a modificar sua realidade." Friedrich Nietzsche (1844?1900).
Textos


Só posso conhecer o infinito
com a poesia.
Só posso conhecer a eternidade
através da poesia,
da arte,
da ciência...

Vou duplicar o DNA do lirismo.
Vou disseminar o DNA das musas e
de inspiradores...

Só posso burlar minha finitude
com essa caneta
esferográfica
a riscar e arranhar o papel
com a semântica vertiginosa
da palavra escrita

Esculpida no tempo da história,
no espaço da geográfica
e tatuada na alma dos sensíveis.

Não possuo a senha
Não decifrei enigmas
Não resolvi paradoxos

Os acalantei
para dormir
Retirei-lhe as forças
amenizando as contradições
Dinamitei as interseções


Não há nada em comum
Sou diferentes e diversos
Mas somos iguais
em tristeza e sangue.

Morremos
Abandonamos corpos
Deixamos rastros.
Vestígios fonéticos,
escritos e espirituais.

A poesia é vestígio.
É passaporte seguro
para conhecer infinito e 
a eternidade.

 
Gisele Leite
Enviado por Gisele Leite em 04/10/2017
Alterado em 13/10/2017

Música: el-alacran - hamilton-de-holanda

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários


Imagem de cabeçalho: Shandi-lee/flickr