"O conhecimento é o mais potente dos afetos: somente ele é capaz de induzir o ser humano a modificar sua realidade." Friedrich Nietzsche (1844?1900).
Textos


Precisa-se de uma república de snipers
Precisamos de boa mira
E algum senso de moralidade.
Uma dúzia de mortos.
E podemos livrarmos de todo mal, 
e refazer novamente a história.

Precisa-se de uma república de snipers
Precisamos da mira precisa
Da expertise em abater.
E, não de combater.

Resistir é preciso.
Mas, cada vez é mais curto
o tempo para sobreviver

Uma dúzia de sujeitos abatidos
cirurgicamente
E se pode salvar a pátria.
Salvar o mundo.
Salvar a esperança
Num futuro provável.

Rifles com mira periscópica
Podem ser mais potentes
que votos
que discursos
que debates
que práticas pseudodemocráticas.


A dor é de todos.
A mira é de poucos.
Toldos vedam a luz do sol.
E cercam janelas,
protegem olhos.
Jamais a memória.


Precisa-se de snipers
Não precisam ter filiação partidária.
Não precisam ser nacionais.
Não precisam acreditar no Estado.

Só precisam acertar o alvo.
Abater como um corpo sem sentido.
Sem humanidade
Sem decência ou vergonha.


Tenho vergonha.
Mas minha esperança
mora na possível violência.
Pois a dialética fracassou.
A metafísica feneceu...

Resta a crença reta na
abolição dos escravos,
dos alienados,
dos precariados.
Náufragos da modernidade líquida.
Refugiados da aridez da decência.

Recruta-se snipers.
E todo amanhã
nascerá normalmente.
Gisele Leite
Enviado por Gisele Leite em 05/08/2017
Alterado em 05/08/2017

Música: Tristesee Schopin 1 - Desconhecido

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários


Imagem de cabeçalho: Shandi-lee/flickr