"O conhecimento é o mais potente dos afetos: somente ele é capaz de induzir o ser humano a modificar sua realidade." Friedrich Nietzsche (1844?1900).
Meu Diário
10/04/2008 22h38
Aviso aos leitores

Prezados leitores amigos

Devido ao comportamento injurioso de alguns poucos, doravante para se adicionar comentários deverá ser cadastrado no site.

Peço que as pessoas utilizem também o livro de visita para deixar consignado suas impressões que sempre têm me estimulado a escrever e ajudar tornando mais fácil a compreensão de doutrinas, leis e jurisprudências.

Advirto aos injuriosos que foram devidamente identificados e medidas judiciais em breve serão tomadas tendo em vista a conduta atentaória à minha honra e ao meu bom nome.

Agradeço a todos que até aqui sempre me agraciaram com comentários humanos, construtivos e edificantes.

Abraços cordiais e saudosos

Gisele Leite


Publicado por Gisele Leite em 10/04/2008 às 22h38
 
10/11/2007 14h56
10 de novembro

Do pó vieste, ao pó voltarás... bem, pelo menos espero que tenhamos de graça o antialérgico... risos  quem já passou por obras em casa, me dê dicas de sobrevivencia. Pois está dificlíssimo... não consigo fazer nada direito, junta a sujeira, o barulho e as coisas fora do lugar... é enlouquecedor...
Até pensei num personagem, uma dona de casa que não consegue se adaptar aos caos da obra... apesar disso, tenho que reconhecer que a parte que está semi-pronta está bonita.
Bem, quem ler, e quiser adicionar comentários de como de agir, pois sou neófita no assunto. E me sinto uma imbecil como tanto transtornos... Até em meus textos tem poeira... é o reino encantado do ácaro...


Publicado por Gisele Leite em 10/11/2007 às 14h56
 
29/10/2007 23h31
por hoje, basta!
Mais um dia quente, ensolarado e, empoeirado. A obra caminha. Minha paciência descaminha. Hoje sentir vontade de gritar, basta! Não me conformo com tanta coisa, apesar de ter chegado aos quarenta e cinco anos... Acho que quando perder a indignação, parei de viver.


As pessoas temem envelhecer, se fragilizarem. As crianças temem serem inocentes e ingênuos. Os adultos temem adoecer e se tornarem vulneráveis... Aonde há dignidade no mundo? 


Hoje falei algo engraçado: - a ginga de malandro na verdade é forma de autismo... Ele pensa que só ele é esperto, que só ele quer e pode se dar bem, e acaba sendo uma caricatura viva, sem nenhum louvor.

Saudade do bom malandro, honesto por profissão e temente à Deus e, aos valores burlescos da vida.


Por causa disso escrevi o poema Basta!. Espero que gostem.

Publicado por Gisele Leite em 29/10/2007 às 23h31
 
28/10/2007 14h45
o dia de hoje
Alguém já escreveu que um dia ensolarado redime todas as tempestades impiedosas...  hoje faz sol no Rio de Janeiro. Todos estão aliviados, afim a borrasca cessou e poderão desobstruir o túnel Rebouças e, desatar o enorme nó que tomou conta da cidade maravilhosa.  Diriam alguns, maravilhosamente engarrafada.. risos
Hoje bem que eu queria comer nhoque  mas, vou comer um franguinho com legumes... comida politicamente correta. Erg!
Estou vivendo crítico domesticamente falando... Estou em obras em casa. É uma verdadeira loucura... E a poeira e a alergia não me abandonam...  Espirro mais do que penso... risos
Mas, já dá para sentir alguma satisfação. Pois é interessante ter o poder de alterar o que está arredor.
Lá fora os pássaros cantam à sombra das árvores... Tomara que tempo continue bom!

Publicado por Gisele Leite em 28/10/2007 às 14h45



Página 2 de 2 1 2 [«anterior]


Imagem de cabeçalho: Shandi-lee/flickr