"O conhecimento é o mais potente dos afetos: somente ele é capaz de induzir o ser humano a modificar sua realidade." Friedrich Nietzsche (1844?1900).

professora Gisele Leite

Diálogos jurídicos & poéticos

Textos


 

Oficialmente a primavera começou em 22 de setembro no hemisfério sul, indo até dia 21 de dezembro. É quando se pode observar a floração de diversas espécies de plantas. Já no hemisfério norte é o outono que comparece.

Com a transição entre o inverno e verão inicia-se com o equinócio da primavera, o que significa noites iguais. E, assim, inauguram-se duas com maior tempo de claridade do que ocorre no inverno.

O equinócio acontecerá exatamente às 22:03h (horário de Brasília) e, nesse momento, a luz solar estará incidente diretamente sobre a Linha do Equador, permitindo que todas as regiões do globo terrestre recebam aproximadamente o mesmo número de horas de claridade.

Logo no início da primavera, os dias terão aproximadamente o mesmo comprimento das noites e, assim, os dias vão ficando progressivamente maiores e as noites menores, até o maior dia do ano que ocorre logo no início do verão.

Lembremos que todas as estações do ano são determinadas pela inclinação da Terra em relação ao Sol e ao movimento que o planeta faz. A inclinação do eixo de rotação da terra é de 23,5º em relação ao plano orbital ao redor do Astro-Rei.

Quando estamos no verão, em um dos hemisférios, significa que essa a parte do planeta está apontada para o Sol, o que naturalmente torna os dias mais claros e quentes. O contrário, se dá justamente com o outro lado do globo terrestre.

Devido à órbita da Terra, as datas em que ocorrem os equinócios não dividem o ano em um número igual de dias.

Isto ocorre porque quando a Terra está mais próxima do Sol (periélio) viaja mais depressa do que quando está mais longe (afélio).

As datas dos equinócios variam de um ano para o outro, devido aos anos trópicos (o período entre dois equinócios de março) não terem exatamente 365 dias,  fazendo com que a hora precisa do equinócio varie ao longo de um período de dezoito horas, que não se encaixa necessariamente no mesmo dia.

O ano trópico é um pouco menor que 365 dias e 6 horas. Assim num ano comum, tendo 365 dias e - portanto - mais curto, a hora do equinócio é cerca de seis horas mais tarde que no ano anterior.

 

GiseleLeite
Enviado por GiseleLeite em 23/09/2022
Copyright © 2022. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
iDcionário Aulete