"O conhecimento é o mais potente dos afetos: somente ele é capaz de induzir o ser humano a modificar sua realidade." Friedrich Nietzsche (1844?1900).

professora Gisele Leite

Diálogos jurídicos & poéticos

Textos


Não. Não sou o homem vitruviano. Aquele desenho de Leonardo da Vinci que apresentava o corpo humano em proporções ideais. Baseado nos conceitos expostos na obra chamada "De Architectura" do arquiteto romano. Marcus Vitruvius Pollio. Trata-se de uma ilustração que apresenta o ideal de beleza e hamonia nas proporções corporais humanas. É um autêntico cânone das proporções. Hoje se encontra exposta na Gallerie dell'Accademia, em Veneza, na Itália. Voltou ser estudada no Renascimento quando criaram-se novas representações gráficas do Homem Vitruviano.

A tradução do belo se faz por proporções. Assim, um palmo é um comprimento de quatro dedos; Um pé é o comprimento de quatro palmos; Um côvado é o comprimento de seis palmos; Um passo são quatro côvados; O comprimento dos braços abertos de um homem (envergadura dos braços) é igual à sua altura; A distância entre a linha de cabelo na testa e o fundo do queixo é um décimo da altura de um homem; A distância entre o fundo do pescoço e a linha de cabelo na testa é um sexto da altura de um homem O comprimento máximo nos ombros é um quarto da altura de um homem;A distância entre a o meio do peito e o topo da cabeça é um quarto da altura de um homem; A distância entre o cotovelo e a ponta da mão é um quarto da altura de um homem;
A distância entre o cotovelo e a axila é um oitavo da altura de um homem; O comprimento da mão é um décimo da altura de um homem;A distância entre o fundo do queixo e o nariz é um terço do comprimento do rosto; A distância entre a linha de cabelo na testa e as sobrancelhas é um terço do comprimento do rosto O comprimento da orelha é um terço do da face; O comprimento do pé é um sexto da altura.

A proporção áurea corresponde ao número de ouro sendo uma constante real algébrica irracional encontrada após a divisão de uma reta em dois segmentos de medidas diferentes. A parte mais longa da reta quando dividida pela menor parte deve ter o resultado igual a qual se divida a reta completa pela menor parte da divisão. O desafio consistia em representar esta figura dentro de um círculo, de modo que o umbigo do homem coincidisse com seu centro.

O resultado da divisão tem como valor o valor 1,6180339887 ou de forma arrendondada 6180. Entre as obras que são representadas a partir do número de ouro são: O Nascimento de Vênus, de Botticelli; O Sacramento da Última Ceia, de Salvador Dalí; Mona Lisa e Homem Virtuviano de Leonardo da Vinci; Pirâmides de Gizé e Templo Partenon.Ilustra e materializa a tese filosófica segundo a qual “o homem é a medida de todas as coisas”, própria do Renascimento. Considerado como um símbolo da simetria básica do corpo humano e, por extensão, para o universo como um todo.

Dotada de minha imperfeição perfeita. De diâmetros e dimensões improváveis ou imprecisos. Ainda fico a contabilizar os paradoxos. E, os números negativos, riam alto do positivismo vetusto de nossas leis. Vitruviano, não... impossível...O Homem Vitruviano com os braços e pernas abertos toca com as mãos a intersecção entre o círculo e o quadrado, simbolizando a relação do humano com o divino. É como não existisse a impenetrabilidade das coisas...

 

GiseleLeite
Enviado por GiseleLeite em 15/09/2022
Copyright © 2022. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
iDcionário Aulete