"O conhecimento é o mais potente dos afetos: somente ele é capaz de induzir o ser humano a modificar sua realidade." Friedrich Nietzsche (1844?1900).

professora Gisele Leite

Diálogos jurídicos & poéticos

Textos


Dia de hoje BVIW

Sol entre nuvens. Luz entre trevas. Luz entre sombras. Silêncio entre as palavras. Paradoxos desfilam elegantes no cenário contemporâneo. Ainda hoje, precisamos lutar por liberdades, por cidadania e pela defesa da dignidade humana. As tecnologias de informação e comunicação realizam a mágica da aproximação humana e, os índices de violência e feminicídios atingem os píncaros. Nunca antes a violência, principalmente, nesse período de pandemia de coronavírus foi tão severa. Precisamos de luz para sair do feudalismo retrógado que atrelam as vítimas e, ainda, as culpabilizando. Esse retrato de vida cruel e desigual que divide seres humanos em feudos especiais. Onde alguns doam marmitas aos famintos e, tentam cooptá-los a votar em seu candidato. Esse retrato de vida, ainda em preto e branco, manchando as cores, percepções e sentimentos que gotejam publicamente, mas são invisíveis. A indiferença reina no panteão dos supremacistas. Em tudo, há um jogo de poder, há dominação, exploração e, pior, desumanização. Pessoas viram objetos. Desejos viram mercadorias e, histórias se transformam em enredo para ser consumido e adquirir popularidade. É preciso frisar que o humano não tem preço, tem dignidade e, que precisa ser respeitada. Vai além das palavras, ditas ou escritas, em discursos ou desabafos. Está no mágico momento em que a imagem se eterniza seja na retina ou na folha de papel e quando a vida escreve sua história entre dores, valores e aprendizado.

GiseleLeite
Enviado por GiseleLeite em 13/09/2022
Copyright © 2022. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
iDcionário Aulete