"O conhecimento é o mais potente dos afetos: somente ele é capaz de induzir o ser humano a modificar sua realidade." Friedrich Nietzsche (1844?1900).

professora Gisele Leite

Diálogos jurídicos & poéticos

Textos


Outro dia. BVIW

"Amanhã, vai ser outro dia..." Gustavo acordava vibrante e alegre. E, embalado pela famosa música "Apesar de Você" de Chico Buarque de Holanda. Gustavo era um militar, na época, um sargento do Exército. Seu pai estava severamente doente, e por isso, tornara-se arrimo da família. Infelizmente, seu pai veio a falecer. Sua mãe, Dona Thereza era uma pessoa doce, porém firme. Aliás, seu semblante era cativante. Como sargento, ainda, realizou o vestibular e, foi cursar Direito, na Faculdade Nacional de Direito, da Universidade Federal local. Tentava disfarçar sua procedência castrense, mas a toda hora dizia: - Sim, senhor! ou Não, senhor! Sua obediência era visível, mas era inteligente e crítico. O sonho dele era tornar-se um advogado, fazer outro concurso e, deixar a vida castrense para trás. E, continuava a ouvir a música que tocava no rádio de casa: "Hoje você é quem manda. Falou, tá falado. Não tem discussão." (...) Mas, no ambiente acadêmico, havia uma mar de questionamentos e, uns, bem embaraçosos. Gustavo conheceu Frida, ele um novato e, ela uma ultimanista prestigiada e politizada. Tinha tudo para dar errado. Mas, eles namoraram e quase se casaram. Não fosse, a repressão da época dar um notório "sumiço" na moça. Gustavo se formou, sua mãe veio também a falecer. Casou-se com Bianca e, chegou a ser capitão do Exército quando, finalmente, se reformou. "Inda pago pra ver. O jardim florescer. Qual você não queria ..." A história foi narrada por um amigo de Gustavo, que se chamava Miguel e, conseguiu ultrapassar a aparência e, enxergar a essência da pessoa humana. No fundo, Gustavo jamais esquecera de Frida... enfim, era um amor interrompido.

 

P.S. Ouça:  https://www.youtube.com/watch?v=DgjyX1n0Rp8 

GiseleLeite
Enviado por GiseleLeite em 26/07/2022
Alterado em 26/07/2022
Copyright © 2022. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
iDcionário Aulete