"O conhecimento é o mais potente dos afetos: somente ele é capaz de induzir o ser humano a modificar sua realidade." Friedrich Nietzsche (1844?1900).

professora Gisele Leite

Diálogos jurídicos & poéticos

Textos


É certo que a língua portuguesa nos prega peças. De tanto nossa audição ser bombardeada por sandices, até pessoas portadoras de alguma instrução, passam acolhê-las, como se fossem verdadeiras. A expressão: "não durma no ponto" significa que para você não ficar para trás, não vacilar, não se distrair e nem perder a oportunidade. É importante saber que permanecer em vigilância atenta e contínua não é possível... Afinal, o preço da liberdade é a eterna vigilância...tal frase é atribuída ao orador irlandês chamado John Philpot Curran e fulcra-se na reflexão sobre a necessidade de ciosamente monitorar os eventos que acontecem em sociedade, entre nações para que sejamos argutos e capazes de logo identificar ameaças pró-ativamente e, em suas fases iniciais. De forma que sejamos hábeis a perceber os eventos que podem acarretar a instabilidade social, revoluções, golpes de Estado e perdas de direitos. É o que acontece, atualmente, pois nosso país apresenta uma democracia frágil, bem como, outros países da América do Sul, onde a tradição de ditaduras e autoritarismo vem de longe. Contemporâneamente, vivenciamos a famosa "vigilância líquida" e, infelizmente, as pessoas possuem pouca consciência como tal fato nos afeta. Em verdade, a definição da vigilância líquida é menos uma forma exata de especificar o monitoramento que sofremos, e, mais uma orientação para nos faz atentar sobre as mudanças que perturbam nossa realidade. Há milhões de fragmentos de dados pessoais obtidos para objetivo de facilmente ser usados com outro fim. Enfim, a vigilância possui múltiplas facetas e nos proporciona vertiginosos insights que vai desde o consumo, ao biotipo, preferências políticas e ideológicas. A vigilância é uma dimensão central da modernidade, por isso, é perigoso compartilhar dados em redes sociais e na internet de modo geral. Vivemos num panóptico onde todos sofrem o controle e atenção. Pior que somos prisioneiros da observação e de pré julgamentos e, por vezes, somos até condenados, sem sequer haver oportunidade de defesa. Todo cuidado é pouco, mas cuidado, para não se tornar esquizofrênico.


 

GiseleLeite
Enviado por GiseleLeite em 12/07/2022
Alterado em 15/09/2022
Copyright © 2022. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
iDcionário Aulete