"O conhecimento é o mais potente dos afetos: somente ele é capaz de induzir o ser humano a modificar sua realidade." Friedrich Nietzsche (1844?1900).

professora Gisele Leite

Diálogos jurídicos & poéticos

Textos


A palavra "brejo" tem origem controvertida, alguns entendem ser céltica, outros ser árabe e, ainda outros, latina (bregium). Significa pântano, lamaçal ou terreno inculto. Cogita-se que em sua evolução fonética a palavra tenha absorvido a influência árabe. O tema desse conto foi para o brejo... deveria relatar sobre um jantar comemorativo e feliz. Porém, vaca foi, literalmente, para o brejo. O pobre animal pesado começa a afundar suas patas no lodo e, tenta em vão se locomover e, fica, então, atolada. E, para retirá-la faz-se necessário a força de várias pessoas. Duas irmãs que se chamavam Luzia e Lúcia estavam noivando juntas, cada um com seu eleito. Mas, o jantar foi um desastre. Paulo, noivo de Luzia era alérgico aos camarões. Enquanto que Pedro, noivo de Lúcia era alérgico à leite. E, a comida levava os dois ingredientes proibidos para os noivos. A mãe de Luzia e Lúcia entendera que era uma desfeita por estarem tão receiosos em comer aquelas iguarias preparadas com tanta devoção. A potencial sogra já se mostrava insatisfeita com as escolhas de tão belas filhas. Seus pais, porém, não se preocupavam. Pois, ambos os pretendentes eram pessoas de bom caráter e trabalhadores. Mas, agradar a sogra também é importante. Casamentos introduzem novas pessoas em famílias, e nem sempre, são compreendidas e bem aceitas. O que fazer? Comer e ter um choque anafilático? Não parece ser escorreito nem prudente. Então, o pai de Luzia, seu Epitácio sugeriu que Paulo contasse apenas a verdade, nua e crua. Sem rodeios e nem mesuras. Paulo, muito desconfiado, prefiriu dizer que estava de regime, pois precisava perder peso e, aquele lauto jantar corromperia sua rígida dieta... Já Pedro, coitado, resolveu contar que era alérgico... Então, a possível sogra, blasfemou: - Ai! Meu Deus, mais um doentinho para a família"...Mal, ela sabia, que eram dois...

 

GiseleLeite
Enviado por GiseleLeite em 19/04/2022
Copyright © 2022. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
iDcionário Aulete