"O conhecimento é o mais potente dos afetos: somente ele é capaz de induzir o ser humano a modificar sua realidade." Friedrich Nietzsche (1844?1900).

professora Gisele Leite

Diálogos jurídicos & poéticos

Textos


 

No avesso das palavras

dormem os sentidos.

Vetores intensos repletos

de sentimentos e contradições.

 

No avesso das palavras

há fonemas fugidios,

há suspiros nas pausas,

há a insanidade da vírgula.

 

Dentro do texto, na construção

lógica e convincente

Há retórica.

Há dialética dolente

a pedir compreensão e adesão.

 

Muita dialética, por vezes,

violenta. Estupra a lógica.

Espanta o ouvinte.

E atordoa a quem dormia

em alienação profunda.

E, na realidade doente.

 

No profundo miolo do texto, onde os brados

retumbam em parágrafos densos.

Nossos medos ecoam.

Porque podemos não ser ouvidos.

Porque podemos ser ignorados.

Porque podemos, sinceramente, ser traídos.

Trair, sem o perceber...

 

E, na solidão do abandono.

Entender tudo conjuntamente.

Apreender toda a realidade, reciclar

e levantar a voz,

como se fosse o último grito da humanidade.

 

Um gemido.

Uma criança.

Uma alma.

E, uma mera lembrança.

Fomos irmãos, companheiros,

fomos humanos e,

agora, somos, todos nós

apenas vítimas.

GiseleLeite
Enviado por GiseleLeite em 28/02/2022
Alterado em 31/03/2022
Copyright © 2022. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
iDcionário Aulete