"O conhecimento é o mais potente dos afetos: somente ele é capaz de induzir o ser humano a modificar sua realidade." Friedrich Nietzsche (1844?1900).

professora Gisele Leite

Diálogos jurídicos & poéticos

Textos


Vítima da primavera

A abelha é vítima da primavera, delira em devaneios infindos para escolher a flor que irá colher o pólen. As cores alegres e enigmáticas das pétalas. O bailar das flores perante o vento e, seu assobio mágico a trazer mensagens distantes ou sentimentos nostálgicos.
A primavera tem muiltiverso que rima com as órbitas de insetos, pássaros e humanos... Até pessoas são capazes de florescer... Impunemente, sorriem sem nem perceber.
Percebemos as ironias da vida. Os chistes e os embaraços mais cômicos e contidos. Uma primavera em plena pandemia é um paradoxo... pois estamos em isolamento... em casa. Aliás, como sentir a fragrância das flores com essa máscara que mais parece uma mordaça... As palavras são contidas, os fonemas são abafados e a primavera sobrevive em minhas memórias e sentimentos.
GiseleLeite
Enviado por GiseleLeite em 24/09/2020
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
iDcionário Aulete