"O conhecimento é o mais potente dos afetos: somente ele é capaz de induzir o ser humano a modificar sua realidade." Friedrich Nietzsche (1844?1900).

professora Gisele Leite

Diálogos jurídicos & poéticos

Textos




Escorre o tempo na ampulheta 
a areia ruidosa esvai
e a vida escorre em canaletas,
em telhados, em palavras, em expressões
repetidas e reverberadas na
caixa craniana, nos corredores escuros

E ao fim, o que esperamos é a luz.
A sinapse iluminada da ideia
A sinapse dourada da invenção
A palavra silente presente nos olhos
A semântica pulsante do corpo
Os signos que bailam despojados
de roupas ou insígnias

Escorre o tempo sobre as pálpebras
sobre olhos embaçados
sobre a boca ressecada
sobre palavras desidratadas
sobre sílabas sincopadas 
na dor de consciência.

Escorre o tempo sobre 
paradoxos.
Sobre escolhas enigmáticas
Sobre a moral despida
de bom senso.

Escorre o tempo sobre
metáforas
Pecam-se em metáforas.
Autistas, esquizofrênicos,
retardados em geral.
Imperdoável nomeá-los
Mas, eles existem.
São humanos, humanizáveis
e perecíveis.

Escorre o tempo sobre a lágrima
Da mágoa esquecida
Da insanidade súbita.
Escorre sobre os cavalos
e corrói ferraduras
e lembranças.

O subtraído da memória
subsiste nos diários de
sentimentos arquivados
no inconsciente.

Nada é apagado.
Nem pela morte.
Nem pela sublimação
da alma.




 
GiseleLeite
Enviado por GiseleLeite em 31/07/2020
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
iDcionário Aulete