× Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato Links
"O conhecimento é o mais potente dos afetos: somente ele é capaz de induzir o ser humano a modificar sua realidade." Friedrich Nietzsche (1844?1900).
professora Gisele Leite
Diálogos jurídicos & poéticos
Textos
A quarta-feira de cinzas fora instituída há muito tempo atrás pela Igreja Católica, afinal, é o dia que marca o início da quaresma que corresponde a um tempo de penitência e de orações intensas.
Para os antigos judeus, sentar-se sobre as cinzas trazia o significado de arrependimento dos pecados e a volta para Deus. As cinzas bentas e colocadas sobre as nossas cabeças nos fazem lembrar que todos vamos morrer, que somos apenas pó, e ao pó retornaremos, para que nosso corpo seja refeito por Deus de maneira gloriosa para não mais perecer.
A quarta-feira de cinzas ocorre exatamente a quarenta dias antes da Páscoa, sem contar os domingos, e seu posicionamento no calendário varia a cada ano, dependendo da data da Páscoa. A data pode varia do começo de fevereiro até a segunda semana de março.
A Quarta-feira de Cinzas é o primeiro dia da Quaresma no calendário cristão ocidental. A tradição das cinzas, quando o padre faz uma cruz na testa dos seguidores religiosos, simboliza a disposição de cada um em realizar a própria mudança de vida, e de conversão. Ela lembra também a expressão conhecida pelos fiéis "do pó vieste e ao pó retornará".
Esse simbolismo relembra a antiga tradição do Médio Oriente de jogar cinzas sobre a cabeça como símbolo de arrependimento perante Deus (como relatado na Bíblia). As cinzas são feitas dos ramos abençoados no Domingo de Ramos do ano anterior.
Na mesma época correspondente a Páscoa cristã, a religião judaica comemora o Pessach e lembra a libertação dos judeus escravizados no Egito, cerca de 1.400 anos a.C. Os judeus substituem os alimentos com fermento pelo matsá, pão feito apenas de farinha e água. O livro Hagadá é lido durante todo o período e, no jantar do Pessach, recordam os tempos de escravidão e a união do povo judeu.
O surgimento da tradição da imposição de cinzas surgiu na Igreja Primitiva e fora incorporada como ritual sacramental da Igreja Católica por volta do século XI. Tais cinzas usadas são originárias dos ramos que são abençoados e queimados durante o Domingo de Ramos do ano anterior. E, durante o sacramento, a autoridade religiosa faz uma cruz com as cinzas na testa da pessoa. E, para tanto, as cinzas são misturadas com água benta. Cabe ressaltar que os cristãos ortodoxos não celebram a quarta-feira de cinzas.
O fiel, durante a imposição de cinzas, deve estar em jejum de carne. Além desse dia, a Sexta-Feira Santa também é um dia em que os fiéis não devem consumir carne.
Diferentemente do que muitos acreditam, a Quarta-Feira de Cinzas, nem antes do meio-dia e nem depois, é feriado no Brasil.



 
GiseleLeite
Enviado por GiseleLeite em 26/02/2020
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários