× Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato Links
"O conhecimento é o mais potente dos afetos: somente ele é capaz de induzir o ser humano a modificar sua realidade." Friedrich Nietzsche (1844?1900).
professora Gisele Leite
Diálogos jurídicos & poéticos
Textos
Um ditado popular muito sábio é o que diz: "mente vazia, oficina do diabo" que significa que quando se tem muito tempo ocioso, os pensamentos malévolos e negativos podem surgir. Pessoas envolvidas com projetos e objetivos não possuem tempo livre para prejudicar e nem tramar contra os outros.

Noutro ditado igualmente conveniente é o que aduz: "O que os olhos não veem, o coração não sente". Quando não se tem registro visual, de fato, as emoções não são as mesmas. Há ditados, no entanto, de viés paradoxal, é o caso de: "De médico e louco, todo mundo tem um pouco". Sim, é verdade que temos um lado mais prudente e cuidadoso e, um outro lado, mais ousado e meio maluco. E, na gangorra ativa das variações de humor, deve-se procurar o equilíbrio. Os filósofos já alertaram, a virtude está no meio termo, no meio do caminho.

Há ditados de origem bíblica é o caso de: "A César o que é de César". E, recomenda que quando alguma coisa pertencer a alguém, não devemos desejar e nem cobiçar.

Outro também bíblico aduz: "O cair é do homem, mas o levantar é de Deus". Sua origem está no provérbio 24:16 (Porque sete vezes cairá o justo, e se levantará; mas os ímpios tropeçarão no mal). Está também nas Escrituras Sagradas, aquele que afirma: "Quem com ferro fere, com ferro será ferido".

Mas, literalmente corresponde ao  ... "todos os que lançarem mão da espada, à espada morrerão" (Mateus 26:52). Quem semeia vento colhe tempestade.
Enfim, em Oseias, 8.7, temos: "Eles semeiam vento e colhem tempestade. O talo não tem espiga; não produzirá farinha. Caso produzisse o trigo, estrangeiros o devorariam". 

Um ditado fatídico é o que diz: "Quem se mistura com porcos farelo come" que nos remete para Lucas 15.15.16. "Por isso foi empregar-se com um dos cidadãos daquela região, que o mandou para o seu campo a fim de cuidar de 
porcos. Ele desejava encher o estômago com as vagens de alfarroberia que os porcos comiam, mas ninguém lhe dava nada".

Interessante é relacioná-lo com: "Diga-me com quem tu andas e, eu te direi quem és". Há versículos parecidos que podem ser usados em lugar da frase. "Não entres na vereda dos ímpios, nem andes pelo caminho dos maus. Evita-o, não passes por ele; desvia-te dele e passa de largo". (Pv, 4.13., 14).

Existem também alguns ditados populares egípcios e que possuem correspondentes em outras línguas e culturas. É o caso, por exemplo, "o filho de um ganso é um nadador", correspondente "Tal pai, tal filho".

"Uma pessoa ausente sempre tem sua desculpa", significando que não deve culpar os outros, enquanto não os escutar. Mas, o mais recomendável para mim, no dia de hoje é: "Seja paciente com um mau vizinho, talvez ele se mude ou um desastre o leve embora". Ou seja, dê um tempo antes de entrar em litígios e brigas as quais você pode e deve evitar. Esse é um bom conselho que se pode obter facilmente pela sabedoria popular.
 
GiseleLeite
Enviado por GiseleLeite em 21/03/2019
Alterado em 21/03/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários