professora Gisele Leite
Diálogos jurídicos & poéticos
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário Textos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
"O conhecimento é o mais potente dos afetos: somente ele é capaz de induzir o ser humano a modificar sua realidade." Friedrich Nietzsche (1844?1900).


De acordo com o filósofo Torralba, "a fé é um antídoto ao vazio existencial". Afinal todo ser humano, por natureza, deseja viver uma vida com sentido. E não existe uma resposta científica à busca pelo sentido.
A Ciência explora os fatos e fenômenos e tenta compreender a lógica que os une e exlicá-los através de leis de caráter universal. A Ciência não analisa valores pois tais são objetos de estudo da Filosofia prática, particularmente da Ética. Quando o ser humano, finalmente, constata que a vida tem valor, que possui sentido, então se sente feliz. Porém, isso não o exime de sentir-se cansado e da indignação.
A constante busca pelo sentido é própria de um ser complexo, de um ser que não tem o suficiente para se alimentar, se defender e ainda procriar. Está sempre se questionando por que está no mundo e como deve administrar o tempo da vida, que se estende do nascimento até a morte.
A fé naturalmente traça uma gramática escrita por Deus, por isso devemos cultivá-la e protegê-la. E, para o filósofo Torralba as seguintes atitudes são o que realmente conferem sentido à vida, a saber: ser útil aos outros; amenizar o sofrimento; construir a beleza e construir unidade onde houver dispersão e, oferecer aos outros a possibilidade de viver a aventura da existência.

 
GiseleLeite
Enviado por GiseleLeite em 04/10/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários