"O conhecimento é o mais potente dos afetos: somente ele é capaz de induzir o ser humano a modificar sua realidade." Friedrich Nietzsche (1844?1900).

professora Gisele Leite

Diálogos jurídicos & poéticos

Textos


Até o infinito

Nunca saberemos quando será nosso último minuto. Não temos a menor ideia de qual será nossa última palavra. Qual será o último flash em nossas retinas cansadas de tanto sol e calor. E, que quando conhecem o alívio da chuva, resolvem simplesmente chorar. Existem choros inexplicáveis. Fendas e fossas profundas, abismos secretos e almas insondáveis. Há mistérios demais e muitos perpetuam-se indecifráveis. O que faremos do resto de nossas vidas? Pessoas importantes morrem, nos deixam solitários. Lembranças deterioram. Memórias se apagam, novas memórias surgem e habitam nosso espírito ansioso por encontrar algum sentido, algum vetor ou
alento que nos justifique ou que nos legitime. Um estudo aqui, uma leitura ali. Uma aula, duas aulas e alguns seminários. Intriga-me saber qual será o último tema que escreverei. O imponderável, as encruzilhadas semânticas, os signos dúbios a traduzir mensagens truncadas. O resto da vida pode ser apenas o que sobrou, uma síntese soberba ou vaidosa do acaso ou
de nosso amadurecimento. Afinal alguns valores se perdem, outros aparecem existe um ballet esquisito na ciranda da vida. E o ritmo será aquele exatamente que o nosso metabolismo aguentar. E, quando não houver força, os vestígios da história flutuarão até o infinito.
Gisele Leite
Enviado por Gisele Leite em 16/01/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
iDcionário Aulete