"O conhecimento é o mais potente dos afetos: somente ele é capaz de induzir o ser humano a modificar sua realidade." Friedrich Nietzsche (1844?1900).
Textos


Os corpos que pendem
As dores que passam
As almas que se entendem

As palavras que reverberam
As canções que nos embalam
Os sonhos que se realizam
Ou se pulverizam.

Tudo é mágico
Tudo num só instante
Tudo é cristalino e opaco
Paradoxal e complacente
Posição, oposição e situação.


Todos cabem num átomo.
Numa célula.
Num órgão.
Num poema.

O equilíbrio misterioso.
A barreira invisível.
O credo inatingível.
Afetos liquefeitos.
Banhados em lágrimas.
Batizados em suores.
E, congelados na memória.

Tudo é uma jaça.
A mancha que dá a forma.
A imperfeição que forma o caminho.
Os passos que fazem o destino.

Na visão oblíqua.
A reta lógica.
No colo côncavo
O afeto convexo.
Reflexo.
Espelho.

Aparências e essências
brigam na arena da vida.
E a outra face
é apenas a morte.
Todos estamos 
a pender para a morte.
Gisele Leite
Enviado por Gisele Leite em 22/11/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários


Imagem de cabeçalho: Shandi-lee/flickr