"O conhecimento é o mais potente dos afetos: somente ele é capaz de induzir o ser humano a modificar sua realidade." Friedrich Nietzsche (1844?1900).
Textos

Existem horas que a vida chora
copiosamente
são lágrimas que regam
flores secretas.
Primaveras implícitas.
Poesias subliminares.

E na tempestade
de vento e fúria
todas as agonias estão dispersas
todos os medos disseminados
em pequenos temores
ou se revelando 
em pequenos tremores.

A memória com
seu crochet engraçado
faz rir e chorar.
Faz o traço divisor
do passado e presente.

E, nos deixa saborear
as incertezas de novas
tempestades.

A vida chora
envelhecemos,
morremos
talvez sem nenhuma causa.

A vida sorri,
crescemos,
amadurecemos,
talvez ainda sem
nenhuma causa.

Os erros,
Os tropeços
A voz embargada na garganta.
O fonema calado pelo silêncio.
E, o silêncio rompido por uma voz.

E se na voz há poesia.
E, se na voz há alegria.
Sutil e passageira.
A vida se renova.
Dobra a esquina
e persegue um futuro.
ainda mais incerto,
mas umedecido e fértil.

Plantemos esperanças.
Pois as misérias
são pródigas.

 
Gisele Leite
Enviado por Gisele Leite em 06/06/2017
Alterado em 06/06/2017

Música: Highway 40 Blues - Larry Cordie

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários


Imagem de cabeçalho: Shandi-lee/flickr